Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Análise aos ossos feita em Lisboa

As ossadas de bebé encontradas próximo da praia do Beliche, Sagres, e que a PJ acredita serem de Alexandra, menina de ano e meio desaparecida desde a morte da mãe, há 8 meses, na praia do Canavial, Lagos, vão ser analisadas "na próxima semana" nas instalações do Instituto Nacional de Medicina Legal (INML) em Lisboa. Um cidadão alemão, Gunnar Dorries, de 43 anos, está preso em Munique, suspeito de duplo homicídio.
11 de Março de 2011 às 00:30
Ossos que se presume serem de Alexandra foram encontrados neste local, a meio da falésia
Ossos que se presume serem de Alexandra foram encontrados neste local, a meio da falésia FOTO: Miguel Veterano Júnior

"Vai ser feito um estudo de antropologia forense, que permitirá apurar sexo, estatura, idade e até alguma patologia que possa explicar a morte", disse ontem ao CM, Duarte Nuno, presidente do INML, que supervisionará o estudo após regressar da Índia. O especialista indicou que a análise será feita "na próxima semana", nas instalações do INML em Lisboa, para onde vão ser enviadas as ossadas, descobertas por dois pescadores, numa falésia, na noite de terça-feira. A identidade será confirmada por estudo genético, para o qual existem amostras comparativas da mãe.

Georgina Zito, de 30 anos e origem angolana, viajou com a filha, Alexandra, e o namorado e pai da menina, Gunnar Dorries, para Lagos, no dia 6 de Julho do ano passado. Quatro dias depois, morreu na praia do Canavial, afogada quando estava com Gunnar na água. O homem desapareceu com a criança e esta nunca mais foi vista. Descoberta a 35 quilómetros da praia do Canavial, vestígios de cabelo preto, encaracolado, no crânio e a dimensão dos ossos recolhidos em Sagres sugerem ser Alexandra. Gunnar regressou a Munique cinco dias após da morte de Georgina e foi preso. Terá morto por recusar ser pai numa relação extraconjugal.

OSSADAS ALEXANDRA SAGRES RAIA DO BELICHE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)