Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Andou nu na igreja de Vilamoura

Um cidadão alemão, de 36 anos de idade, foi detido, no passado domingo, pela GNR de Vilamoura, por ofensas aos militares daquela corporação e exibicionismo.
7 de Dezembro de 2004 às 00:00
Despiu-se, completamente, dentro da Igreja de Vilamoura e em frente aos fiéis que assistiram à missa dominical. Também uma francesa, de 32 anos, que o acompanhava, foi detida pela força policial, por ter incitado os dois cães que a acompanhavam a atacarem os militares da guarda. Uma agente foi mordida numa nádega e o seu colega num braço. Foram ambos tratados no Centro de Saúde de Loulé.
Este insólito caso chocou os fiéis: “A missa estava concluída e deparei com uma pessoa estendida no chão, de tronco nu e de barriga para baixo”, disse-nos Maximina Laijas. Esta católica explica o que se passou a seguir: “Comecei a gritar por socorro mas o homem recusou-se a sair do templo, despindo-se então completamente”, conta Maximina Laijas.
Chamada a GNR de Vilamoura, os militares transportaram o alemão, em peso e à força, tapado por uma capa, para a rua.
“Uma senhora francesa, que estava no local, mas no exterior da Igreja, acompanhada por dois cães atiçou-os contra os militares, tendo um deles, o mais corpolento, mordido a militar numa nádega – rasgando-lhe as calças – e um colega num braço, deixando-os feridos”, contra Maximina Laijas, espantada com este caso algo insólito.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)