Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Anorexia volta a matar

A manhã de terça-feira já ia longa e Eliana Ramos ainda não se tinha levantado. A avó, com quem vivia actualmente, dirigiu-se ao quarto para a acordar. O cenário com que se deparou foi devastador. Tocou a neta no rosto e sentiu-a fria. Elle, como era conhecida a modelo de 18 anos no mundo da moda, tinha morrido durante a noite, em Montevideu, no Uruguai.
15 de Fevereiro de 2007 às 00:00
Luisel morreu aos 22 anos num desfile. Elle morreu com 18 anos, em casa
Luisel morreu aos 22 anos num desfile. Elle morreu com 18 anos, em casa
A avó chamou imediatamente uma equipa médica que apenas confirmou o óbito. Segundo os médicos, Elle teria sofrido um derrame cerebral e estaria morta desde as 10h00 da manhã.
Os pais estavam fora da cidade e foram apanhados de surpresa com a notícia da morte da filha. O regresso a Montevideu foi imediato.
A tragédia abateu-se sobre a família seis meses depois da filha mais velha, Luisel Ramos, ter morrido em plena passerelle, durante a Semana da Moda na capital uruguaia.
A jovem, na altura com 22 anos, foi vítima de uma paragem cardiorrespiratória, mas foi a anorexia a razão apontada para a causa da morte. Na altura, o pai de Luisel admitiu que a filha não se alimentava há vários dias.
E apesar do derrame cerebral ser apontado por fontes próximas da família como responsável pelo falecimento da Elle, o certo é que são muitas as vozes no país que apontam o dedo aos eventuais distúrbios alimentares da modelo. A morte das duas irmãs, num tão curto espaço de tempo, está mesmo a levantar um acalorado debate sobre os perigos da anorexia no Uruguai.
Elle, na moda desde os 16 anos, é a oitava vítima de anorexia nos últimos seis meses.
A morte de Eliana Ramos levou o juiz Roberto Timbal a ordenar a realização da autópsia para que fossem apuradas as causas reais da morte. O corpo foi ontem mesmo autopsiado no Instituto Técnico Forense daquele país, mas os resultados não foram divulgados.
Segundo afirmou o director da Polícia Técnica, Lucas de Armas, ao jornal ‘El País’ no Uruguai, “ainda não se pode determinar a causa da morte” da modelo.
PAIS DESFEITOS
Os pais das duas jovens estão desfeitos com a tragédia. Familiares próximos confirmam que o casal “está muito mal”. “A morte de Luisel ainda está muito presente”, concluíram.
Elle assistiu nos bastidores à morte da irmã mais velha. Antes de entrar na passerelle, Luisel e Elle abraçaram-se fortemente. Afinal, era a primeira vez que desfilavam juntas. À entrada dos bastidores, Luisel caiu inerte.
CORRIDAS NA PASSERELLE
No último fim de semana, cinco manequins foram proibidas de desfilar na ‘Passerelle Cibeles’, em Madrid. Motivo: foram consideradas demasiado magras. “O objectivo é certificarmo-nos de que as jovens são saudáveis e não têm uma influência negativa ao passar a imagem de obsessão pela magreza”, disse Susana Monereo, médica que avaliou as modelos. Já em Nova Iorque tinha sido usado o mesmo método.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)