Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Manifestação das forças de segurança termina com ameaça de novo protesto

PSP e GNR saíram à rua em Lisboa. Agentes e militares pedem aumentos de subsídio e melhor equipamento de proteção.
Correio da Manhã 21 de Novembro de 2019 às 12:47
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
 Manifestantes cantam hino nacional de costas voltadas para Assembleia
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
 Manifestantes cantam hino nacional de costas voltadas para Assembleia
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
 Manifestantes cantam hino nacional de costas voltadas para Assembleia
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Manifestação da PSP e GNR em Lisboa
Elementos da PSP e da GNR manifestam-se esta quinta-feira em Lisboa para pressionarem o novo Governo a cumprir as reivindicações da classe e as promessas do anterior executivo.

Com o lema "tolerância zero", a manifestação conjunta é organizada pela Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) e Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR). Inicia-se às 13h00 no Marquês de Pombal e ruma até à Assembleia da República, com concentração marcada para as 16h00.

Apesar de o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, se ter reunido na quinta-feira passada com os sindicatos mais representativos da PSP e na segunda-feira com a APG/GNR, as estruturas decidiram manter o protesto, por ainda não estar definido um calendário para a resolução rápida dos problemas, apenas uma agenda de reuniões negociais.

Acompanhe a manifestação ao minuto:

20h30 -
"Vamos ter um programa de admissões nas forças de segurança que permita o seu rejuvenescimento": Eduardo Cabrita reage a manifestação de agentes da PSP e militares da GNR.

O ministro da Administração Interna reagiu esta quinta-feira a protesto que juntou cerca de 15 mil manifestantes, afirmando que vai ser feito "um balanço" por forma a que o executivo consiga começar a trabalhar. Cabrita avamçou ainda que o regime de segurança e saúde no trabalho será reforçadao, adequadondo-se às funções de cada trabalhador.

18h20 -
O Movimento Zero voltou a expressar-se na rede social Facebook, com uma imagem de centenas de manifestantes das forças de segurança, que acenderam velas no Terreiro do Paço, em Lisboa, "pelo respeito, pela dignidade e pela valorização", pode ler-se.



17h30 -
A manifestação das forças de segurança terminou. O Movimento Zero apelou, através da rede social Facebook, um minuto de silêncio em homenagem aos "secos e molhados", relembrando outra manifestação das forças policiais, há cerca de 30 anos.



16h52 -
André Ventura, líder do partido Chega, junta-se ao protesto das forças de segurança e é aplaudido. "Nós dissemos desde o início que íamos estar ao lado destes homens e destas mulheres tantos anos", afirma André Ventura apontando para a Assembleia e pedindo justiça.

"Material sem validade, gas pimenta sem validade, comprar as algemas e coletes", indica o líder do Chega sobre os materiais que faltam às forças de segurança.



16h50 -
Forças de segurança ameaçam com nova greve a 21 de janeiro caso as exigências não sejam cumpridas

16h38 - 
Manifestantes cantam hino nacional de costas voltadas para Assembleia


16h20 - Telmo Correia do CDS apupado junto à Assembleia

15h51 -
Forças de segurança já estão frente à escadaria do Parlamento e não se aproximam das barreiras de betão

15h30 - Um grupo de idosos de um lar no Rato agradecem às forças de segurança durante a manifestação. Agentes e militares aplaudem, emocionados, o gesto dos idosos




















15h23 - 
Elementos da PSP e da GNR em protesto exibem faixa a exigir respeito

15h00 -
Tarjas, assobios e apitos. Militares da GNR e agentes da PSP começam a marcha no Marquês de Pombal rumo à Assembleia. Estão escoltados por colegas de mota e a pé

14h30 - 
Sindicato garante que protestos das forças de segurança vão continuar até resposta do Governo


13h50 - César Nogueira, Presidente da Associação dos Profissionais da Guarda, afirma que não há motivos para receios de quem está a fazer a segurança à manifestação. "A nossa função é cumprir a lei e faze-la cumprir", afirma.

"Os polícias têm mais do que motivos para se manifestar. (...) Os polícias são cidadãos, são do povo, e vêm mostrar o seu descontentamento", continua.

Quando questionado sobre as grades e o betão colocado na Assembleia, César responde que é exagerado e que faz parecer que "os maus da fita são os polícias".

13h45 - Marcelo Rebelo de Sousa sobre a manifestação das forças de segurança: "Deve ser encarado com serenidade"

13h12 - Já há dezenas de agentes da PSP e militares da GNR na praça Marquês de Pombal. Muitos deles vieram de várias zonas do País.

12h40 - As autoridades que vão fazer segurança à manifestação já estão junto à Assembleia. Está montado um forte dispositivo policial

09h10 - As secretas vão estar atentas a esta manifestação porque há receio que se torne violenta. Movimento Zero é o movimento que junta polícias e militares da GNR, foi criado há cerca de seis meses, é anónimo e é muitas vezes conotado como movimento de extrema-direita.


9h00 - Autocarros partem do norte e sul do País rumo a Lisboa. Centenas de militares organizaram-se através do Facebook para partirem juntos em direção à manifestação.

Restrições ao trânsito em Lisboa devido à manifestação das forças de segurança
O trânsito entre a zona do Marquês de Pombal e São Bento, em Lisboa, vai sofrer "fortes restrições" na quinta-feira a partir das 13h00 devido à manifestação conjunta de profissionais da PSP e da GNR.

A PSP sugere que se for precisa a intervenção das autoridades policiais os cidadãos podem ligar para o Cometlis, pelo número 217654242, ou em caso de emergência para o 112.



ao minuto manifestação forças de segurança polícia PSP GNR Lisboa protesto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)