Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Apanhado após atear incêndio

Homem de 49 anos surpreendido por equipa dos bombeiros. A Polícia Judiciária investiga.
27 de Maio de 2013 às 01:00

A GNR identificou, anteontem à tarde, um homem, de 49 anos, suspeito de ter ateado fogo a um silvado, em Sever do Vouga, na mesma altura em que lavrava, nas proximidades, um incêndio que durou quase 20 horas. O suspeito, que estava aparentemente alcoolizado, foi apanhado por uma equipa de bombeiros junto a uma das frentes de fogo. O caso foi comunicado à Polícia Judiciária, que investigará o caso. Segundo fonte policial, apesar de ter ateado um pequeno foco de incêndio, o homem não será responsável pelo fogo que deflagrou ao início da tarde de anteontem junto à zona da Foz e obrigou a mobilizar mais de 150 bombeiros.

As chamas deflagraram pelas 14h10 e rapidamente assumiram grandes proporções. O incêndio foi dado como dominado cerca das 09h00 de ontem, mas, até ao final da tarde, permaneceram no terreno várias equipas de bombeiros e GNR para trabalhos de vigilância e prevenir reacendimentos.

O incêndio lavrou sempre em zonas de pinhal e eucaliptos e longe das povoações. Começou num terreno que tinha sido alvo de uma limpeza, mas onde ficaram todos os sobrantes, o que potenciou a expansão das chamas.

A falta nos acessos e o surgimento de vários focos distintos aumentaram a dificuldade dos bombeiros no combate ao incêndio e foi mesmo necessária a intervenção de um helicóptero pesado.

Sever do Vouga incendiário alcoolico fogo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)