Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Apanhou 12 anos por matar mulher

O Tribunal da Covilhã condenou ontem a 12 anos e seis meses de prisão um indivíduo que esfaqueou até à morte a sua companheira em Setembro do ano passado.
28 de Junho de 2006 às 00:00
Além da pena de prisão, a cumprir no Estabelecimento Prisional da Covilhã, o homem fica obrigado a pagar à mãe da vítima 67 500 euros de indemnização, não se sabendo ainda se os advogados que representam as duas partes irão apresentar recurso do acórdão.
O crime aconteceu no Bairro do Cabeço, Tortosendo, e a vítima, Graça Meireles, 46 anos, foi encontrada no apartamento do homicida e companheiro, Adelino Nunes, de 44 anos. Ambos eram solteiros, não tinham filhos e mantinham uma relação amorosa. Na origem da tragédia estiveram questões passionais.
Após atingir a mulher com golpes profundos na cabeça, pescoço e noutras partes do corpo, o próprio indivíduo pediu socorro através do 112 e anunciou a intenção de se suicidar. A mulher acabaria por morrer no hospital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)