Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Apedrejou condutoras

Cinco mulheres foram ontem apedrejadas por um homem enquanto conduziam as respectivas viaturas numa rua de Oeiras. Os estragos nos automóveis foram consideráveis.
19 de Março de 2005 às 00:20
Tudo aconteceu pelas 13h00 na Rua Junção do Bem. Um indivíduo, aparentando 20 anos, situou-se estrategicamente no alto de uma escadaria, no Bairro do Pombal.
Munido de um lote de pedras de grandes dimensões, o indivíduo começou a atirar, fazendo pontaria a carros conduzidos por mulheres.
‘Maria’ (nome fictício), foi uma das primeiras a ser atingida. Poucos minutos depois de ter deixado o filho, bebé, num infantário de Barcarena, a condutora do Audi sentiu o vidro, do lado do pendura, a quebrar-se.
“Quando vi o homem pedi-lhe para não me matar. Ele disse que eu é que tinha a culpa e atirou outra pedra, que partiu outro vidro”, descreveu.
Dez minutos depois, o indivíduo foi finalmente detido pela PSP de Oeiras.
Outras quatro viaturas –Citroën C3, Mercedes, Volkswagen Golf e Peugeot 206 – sofreram igualmente danos.
O detido, já com cadastro por exposição dos genitais em público, foi presente ao Tribunal de Oeiras, tendo ficado com Termo de Identidade e Residência.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)