Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

“Apontaram-nos armas à cabeça”

De arma apontada à cabeça, a funcionária do posto da Galp da variante das Covas, em Guimarães, foi obrigada a entregar o apuro do dia a três homens encapuzados e armados que aproveitaram o jogo da Selecção Nacional para assaltar o estabelecimento.
17 de Junho de 2010 às 00:30
Posto de abastecimento da Rodovia de Covas, em Guimarães, foi assaltado em plena luz do dia
Posto de abastecimento da Rodovia de Covas, em Guimarães, foi assaltado em plena luz do dia FOTO: Nuno Fernandes Veiga

"Só vi um carro a entrar aqui a grande velocidade e, de repente, já estavam os dois homens cá dentro, com as armas apontadas às nossas cabeças", contou ao CM a funcionária da gasolineira, que teme represálias.

Era a partida de estreia da equipa das Quinas no Mundial, por isso, o trânsito na movimentada Rodovia de Covas, em Guimarães, assim como o movimento no posto de abastecimento de combustíveis, estavam bastante calmos. A funcionária da loja, que estava a atender um cliente, foi surpreendida com a entrada de dois encapuzados que rapidamente os manietaram e exigiram a entrega do dinheiro da caixa. À espera, dentro do Audi A3 usado para o roubo, estava o terceiro assaltante.

"Parecia uma cena de filme", disse a mulher ainda assustada. Enquanto um dos assaltantes controlou o único cliente da loja, obrigando-o a deitar-se no chão, "o outro agarrou-me, sempre com a arma apontada à cabeça, até eu lhe dar todo o dinheiro que havia na caixa registadora", recordou a funcionária, sem especificar o valor roubado.

Os larápios fugiram em direcção a Vizela, levando, além do dinheiro da caixa, os telemóveis do cliente e da funcionária, assim como as chaves do carro dela.

A PSP foi chamada, mas a investigação do caso foi entregue à Polícia Judiciária de Braga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)