Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

APOSTA NO REGADIO

A VI Feira Nacional da Água e do Regadio decorre a partir de amanhã e até dia 29 em Ferreira do Alentejo com uma forte aposta na agricultura.
25 de Junho de 2003 às 00:00
Num concelho em que o regadio é uma realidade há anos – a água utilizada é proveniente da barragem de Odivelas –, e em que a tão ansiada água de Alqueva deverá estar para breve, as apostas em novos produtos sucedem-se e investimentos ambiciosos originam a mudança.
Esperançado de que dentro de três anos na região se alcancem os 12 mil hectares (ha) de área irrigada, neste momento regam-se quatro mil ha, José Guerra, presidente da Associação de Desenvolvimento Terras do Regadio (ADTR), entidade organizadora do certame, realça o forte impulso que os pomares tiveram na região, um impulso que não é acompanhado pela mão-de-obra disponível.
Neste momento, na Herdade do Penique, às portas de Ferreira do Alentejo, estão plantados 200 ha de pomares com fruta variada, nomeadamente nectarina, pêra rocha, maçã e ameixa. Uma vez que as plantações foram feitas por etapas, o pomar ainda não produz na totalidade mas, mesmo assim, a falta de pessoal começa já a preocupar os responsáveis. Quarenta pessoas trabalham agora na apanha da fruta. Mais 20 são necessárias e quando o pomar estiver em pleno deverão ali ser criados, de Março a Outubro, cerca de 120 postos de trabalho. Dada a escassez de trabalhadores equaciona-se a possibilidade de ir “pedir ajuda” aos concelhos limítrofes.
Na herdade ao lado está a ser efectuado um investimento espanhol que contempla a plantação de 700 ha de citrinos. Estão já 50 ha plantados. Bem perto, na herdade do Pinheiro, vão ser plantados 400 ha de vinha e pêra.
As oportunidades que a água proporciona convidam à plantação de beterraba e algodão, culturas que estão a alterar a paisagem do concelho.
Um parque agro-industrial está também projectado para a zona.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)