Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Aposta no emprego verde

Meta do Governo é usar a economia verde como motor para o crescimento em 15 anos.
Lídia Magno 23 de Abril de 2015 às 14:28
O primeiro-ministro esteve presente na cerimónia
O primeiro-ministro esteve presente na cerimónia FOTO: José Sena Goulão
O ministro do Ambiente, Moreira da Silva, definiu como objetivo a criação de mais 140 mil empregos na área do ambiente, a alcançar no prazo de 15 anos.

Este foi um dos objetivos anunciados pelo Governo, ontem, na assinatura do Compromisso para o Crescimento Verde, que decorreu no Palácio Foz, em Lisboa, com a presença de Pedro Passos Coelho. O Ministério do Ambiente apresentou, no total, 13 objetivos para alcançar até 2030, em diversas áreas.

Nas exportações verdes, o compromisso prevê um incremento de 700 milhões de euros em 2020 e 1200 milhões em 2030. Além de mais emprego e exportações, ficou definido o aumento da incorporação de resíduos na economia, aumentar a eficiência energética e hídrica, reduzir as emissões de CO2 (dióxido de carbono), melhorar a qualidade do ar e da água e fixar a valorização da biodiversidade.

A assinatura do documento envolveu 80 instituições, entre as quais a Confederação dos Agricultores de Portugal, a Quercus, a Deco e a Fundação Calouste Gulbenkian, que se juntaram ao Governo nesta iniciativa. O documento foi apresentado em setembro passado e esteve em consulta pública até 15 de janeiro.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)