Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Apreendidos 130 quilos de pescado por razões sanitárias em Quarteira

Ação de fiscalização visou a venda ilegal da espécie.
Lusa 28 de Julho de 2022 às 19:08
Porto de pesca de Quarteira
Porto de pesca de Quarteira FOTO: Direitos Reservados
As autoridades que fiscalizam a atividade piscatória apreenderam esta quinta-feira 130 quilogramas de pescado a quatro operadores comerciais do porto de pesca de Quarteira, em Loulé, por razões sanitárias, anunciou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

A apreensão do pescado foi acompanhada do levantamento de autos de notícia por "incumprimento das normas sanitárias de venda de pescado fresco", detetado durante uma ação realizada por elementos do comando local da Polícia Marítima de Faro, refere a AMN em comunicado.

A ação de fiscalização visou "a venda ilegal de pescado no porto de pesca de Quarteira" e, dos 130 quilogramas de "pescado diverso" apreendidos como "medida cautelar", 71 quilogramas foram posteriormente "doados a uma instituição de solidariedade social", lê-se na nota.

"O restante pescado foi destruído por não apresentar as devidas condições de segurança para consumo, conforme indicado pelos elementos da ASAE [Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica] presentes no local", esclareceu a mesma fonte.

A AMN precisou que foram "fiscalizados quatro comerciantes em plena atividade comercial de venda de pescado no porto de pesca de Quarteira", aos quais foram "elaborados os respetivos autos de notícia por incumprimento das regras sanitárias de venda de pescado fresco".

A operação decorreu em colaboração com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e a GNR, concluiu.

Autoridade Marítima Nacional Loulé economia negócios e finanças polícia pescas Quarteira
Ver comentários