Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Árbitro sequestrado e assaltado à facada

Um árbitro da 2ª categoria nacional da Federação Portuguesa de Futebol foi espancado e esfaqueado por quatro homens, na madruga de ontem. Depois foi enfiado dentro da mala do seu próprio carro e sequestrado vinte quilómetros, desde Olhão até Tavira. Ivo Santos, que apitou o Sporting-Blackburn Rovers no Torneio do Guadiana do último Verão, está internado no Hospital de Faro, estável, depois de ter sido operado a vários ferimentos com uma arma branca.
17 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Árbitro Ivo Santos foi operado no Hospital de Faro e está livre de perigo
Árbitro Ivo Santos foi operado no Hospital de Faro e está livre de perigo FOTO: Nuno Jesus

O árbitro, de 34 anos, chegava a casa, em Olhão, cerca das 02h30, quando foi surpreendido por três homens e uma mulher. "Ameaçaram-no com armas brancas, tiraram-lhe o cartão multibanco e exigiram-lhe o código", contou ontem ao CM um amigo da família.

O árbitro deu por várias vezes códigos errados, o que levou os assaltantes ao desespero. "Deram--lhe uma valente tareia, ataram-no e meteram-no no porta-bagagens da viatura". Depois, os quatro assaltantes dividiram--se e, no carro da vítima e noutra que conduziam, seguiram de Olhão até à rotunda da Unicofa em Tavira.

Tiraram-no depois da mala e voltaram a exigir-lhe o código. "Como o Ivo resistiu, deram-lhe facadas". O árbitro caiu no solo, "fingindo-se de morto, o que assustou os assaltantes, que fugiram sem nada". A PJ de Faro investiga o caso.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)