Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Arguidos julgados pelo homicídio de Luís Giovani Rodrigues não assumem crime

Giovani morreu a 31 de dezembro de 2019 após um espancamento em Bragança.
Patrícia Moura Pinto 23 de Fevereiro de 2021 às 08:27
A carregar o vídeo ...
Arguidos julgados pelo homicídio de Luís Giovani Rodrigues não assumem crime
Os sete arguidos que estão a ser julgados pelo homicídio de Luís Giovani Rodrigues, estudante cabo-verdiano de 21 anos que morreu a 31 de dezembro de 2019 após um espancamento, não admitiram ao coletivo de juízes do Tribunal de Bragança terem batido na vítima.

Dos arguidos esta segunda-feira ouvidos, Bruno Coutinho, que chegou a estar preso preventivamente, alegou que a confusão que levou às agressões foi criada pelos estudantes cabo-verdianos, entre os quais a vítima.

Já o arguido Bruno Fará confirmou ter batido num dos estudantes com recurso a um cinto, mas não na vítima mortal. 
Luís Giovani Rodrigues Tribunal de Bragança crime lei e justiça
Ver comentários