Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Armando Vara vê recusado o pedido ao juiz para ser libertado

Em julho deste ano, o ex-governante foi condenado a mais dois anos de prisão efetiva, mas ainda não está a cumprir essa pena.
Tânia Laranjo 5 de Outubro de 2021 às 09:29
Armando Vara está preso
Armando Vara está preso FOTO: João Miguel Rodrigues
Condenado no processo Face Oculta, Armando Vara queria sair em liberdade condicional por ter cumprido metade da pena. O pedido foi recusado pelo Tribunal de Execução de Penas, que mantém o antigo ministro na cadeia de Évora. Vara viu a sanção ser diminuída para quatro anos e nove meses de prisão, por ter cumprido três meses de prisão domiciliária no âmbito do processo Marquês, mas de nada lhe valeu.

Entregou-se na cadeia de Évora em janeiro de 2019, há mais de dois anos e oito meses, mas a justiça continua a entender que não pode ser libertado.

Em julho deste ano, o ex-governante foi condenado a mais dois anos de prisão efetiva, mas ainda não está a cumprir essa pena. A defesa recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa e o trânsito em julgado deste processo poderá demorar. Recorde-se que o principal arguido do processo Face Oculta, Manuel Godinho, conhecido como o sucateiro de Ovar, tem 12 anos de cadeia para cumprir. Tem recorrido para todas as instâncias - já interpôs várias ações no Tribunal Constitucional. O processo ainda não transitou em julgado.
Ver comentários