Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Arrombam ourivesaria com maçarico a laser (com vídeo)

Assim não vale a pena continuar. O melhor é fechar a porta e mudar de vida", lamenta-se Filipe Paulos, dono da ourivesaria integrada no Intermarché de Guarda que ontem de madrugada foi assaltada. Os ladrões usaram um maçarico a laser para arrombarem as portas da loja, roubada pela segunda vez nos últimos seis meses.
7 de Março de 2012 às 01:00
Os assaltantes arrombaram as grades e portas da loja e roubaram ouro, diamantes e relógios
Os assaltantes arrombaram as grades e portas da loja e roubaram ouro, diamantes e relógios FOTO: Nuno André Ferreira

Eram cerca das 05h30 quando um elemento da segurança do centro comercial foi alertado pela central onde está ligado o alarme. "Demorei menos de dez minutos a chegar e já não encontrei ninguém", disse ao CM o segurança, frisando que os ladrões conseguiram escapar às imagens de videovigilância. "Apenas se consegue ver mal um dos ladrões a fugir", adiantou.

Se em Setembro usaram uma carrinha para partir a montra, ontem os ladrões apenas usaram um maçarico a laser para cortar as grades metálicas - do centro comercial e da loja - e o vidro triplo da porta. "Levaram os artigos mais valiosos que tinha em exposição", disse ao CM Filipe Paulos, revoltado por "mais uma vez ter sido vítima" dos ladrões.

O empresário lamenta-se que o País está "a produzir novos ladrões" todos os dias. "Abandonei as feiras com medo dos assaltos, mas pelos vistos nos recintos fechados o perigo é igual", refere Filipe Paulos. Da caixa de uma pastelaria situada em frente à loja levaram 200 euros.

Para concretizar e facilitar o crime, os assaltantes aproveitaram-se do desligamento da luz pública, às 05h00. A PSP e PJ recolheram vestígios deixados no local pelos ladrões que ontem à noite continuavam por localizar.

Ourivesaria Laser Maçarico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)