Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Árvore cai e mata piloto em Coimbra

Gustavo estava a trabalhar quando foi atingido.
João Tavares e M.F. 16 de Agosto de 2019 às 01:30
Gustavo Silva tinha 26 anos
INEM
INEM
Gustavo Silva tinha 26 anos
INEM
INEM
Gustavo Silva tinha 26 anos
INEM
INEM
Gustavo Inácio da Silva ambicionava ser um dos melhores pilotos de motocrosse no Brasil mas faltavam-lhe os recursos económicos. Decidiu então emigrar e veio para Portugal a 12 de dezembro passado.

Instalou-se em Cantanhede, e desde 19 de março passou a contar com a companhia da mulher e filha de um ano. Gustavo morreu sábado, após ter sido atingido por uma árvore em Coimbra. Tinha 26 anos.

Segundo o CM apurou, o acidente teve lugar em São Martinho do Bispo, junto ao Hospital dos Covões. A vítima estaria a trabalhar com mais três colegas quando uma das árvores se partiu. Gustavo foi atingido na cabeça, caiu ao chão, e o óbito acabou por ser declarado à chegada das equipas de socorro.

A aventura desta família em Portugal resultou assim em tragédia. O corpo do jovem brasileiro deverá ser trasladado nos próximos dias para Mato Grosso do Sul, no Brasil, de onde a vítima é natural, isto de acordo com a imprensa brasileira.

Gustavo Silva casou no Brasil há quatro anos, a 12 de junho de 2015. O piloto de motocrosse foi pai pela primeira vez no ano passado.

PORMENORES
Vendeu moto
Para custear a vinda para Portugal, Gustavo vendeu a moto no Brasil. Era campeão estadual de motocrosse e ambicionava competir a nível nacional.

Mudar de emprego
Num dos últimos telefonemas para a família, Gustavo terá dito que queria começar a trabalhar como camionista, mas que lhe faltavam documentos.

Arrependido da mudança
Gustavo confidenciou que estava arrependido de se ter mudado e que ganhar dinheiro em Portugal era uma "ilusão". 
Coimbra Gustavo Inácio da Silva Brasil Portugal questões sociais demografia emigrantes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)