Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

ASAE instaura processo-crime a estabelecimento de restauração no Barreiro

Estabelecimento estava direcionado para a confeção e comercialização de refeições em 'take-away'.
Lusa 4 de Julho de 2022 às 13:39
ASAE
ASAE
A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou um processo-crime a um estabelecimento de restauração no Barreiro, distrito de Setúbal, por não reunir as condições mínimas de higiene nas zonas de manipulação de géneros alimentícios.

Em comunicado, a ASAE refere que, além do processo-crime, o caso foi participado à Autoridade Judiciária competente e foi determinada a suspensão de atividade do operador económico.

O caso surge na sequência de uma operação de fiscalização, realizada pela Unidade Regional do Sul, no concelho do Barreiro, de garantia de segurança alimentar e saúde pública dos consumidores.

Ainda de acordo com a ASAE, o estabelecimento estava direcionado para a confeção e comercialização de refeições em 'take-away' em plataformas digitais e serviço de refeições à mesa.

Durante a ação, adianta a ASAE, foi possível verificar que o operador económico, inserido num complexo industrial, para além de confecionar as refeições em take-away, prestava também o serviço de refeições para os funcionários e utentes do complexo, não reunindo igualmente "as condições mínimas de higiene e técnico-funcionais para manipulação e comercialização de géneros alimentícios, colocando dessa forma, em perigo a saúde publica".

Na operação, a ASAE apreendeu 52,5 kg de géneros alimentícios (produtos de carne, pescado e vegetais), no valor estimado 500 euros, "por se encontrarem deteriorados ou com modificações de natureza e qualidade, resultantes do frio e da má conservação, tendo sido encaminhados para destruição, por falta de requisitos". 

Ver comentários
}