Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

ASAE recolhe 65 mil pastas de dentes

A ASAE recolheu desde o início do mês 65.485 pastas de dentes, fabricadas na China e na África do Sul e de que a Comissão Europeia suspeita estarem contaminadas de uma substância tóxica. O alerta surgiu depois de serem detectadas em Espanha dentífricos com a referida substância.
19 de Julho de 2007 às 17:44
Também nos primeiros dias de Julho, a PSP da Amadora apreendeu 12 mil pastas de dentes, contrafacções das marcas Colgate e Aquafresh em três armazéns, em Alfragide e nos Moinhos da Funcheira.
A questão das pastas de dentes tóxicas fabricadas na China será abordada pela comissária europeia do Consumo, Meglena Kuneva, durante a sua visita àquele país asiático de 21 a 27 de Julho.
O primeiro alerta sobre as pastas de dentes com substância tóxica surgiu no Panamá e nos Estados Unidos e a Espanha foi o primeiro país a notificar a Comissão Europeia da existência de produto semelhante no seu mercado. Portugal, Reino Unido, Itália e Roménia também detectaram pastas de dentes contaminadas.
As autoridades concluíram que estes produtos entraram ilegalmente nos países, sem passar pelo controlo das respectivas autoridades sanitárias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)