Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Assaltante chora ao ser condenado

Os três romenos que em Maio deste ano assaltaram a ourivesaria Araújo, no centro da cidade de Braga, foram ontem condenados a três anos e meio de prisão. Petrus Licencu, de 31 anos, filho de um polícia, chorou convulsivamente ao ouvir a decisão do juiz. O advogado de defesa já anunciou que vai recorrer.
18 de Novembro de 2010 às 00:30
Assalto rendeu 25 mil euros
Assalto rendeu 25 mil euros FOTO: Nuno Fernandes Veiga

Os factos remontam a 7 de Maio. Os três homens, de 28, 29 e 31 anos, deslocaram-se de Lisboa a Braga num carro furtado. Cerca das 00h15, entraram na ourivesaria, na rua de São Marcos, através do telhado, e apoderaram-se de cerca de 25 mil euros em ouro e prata. Apercebendo-se de que tinham sido detectados, tentaram fugir, mas acabaram por ser detidos ainda no telhado. O ouro só viria a ser recuperado a 30 de Outubro, já durante o julgamento, no autoclismo de uma casa devoluta junto à ourivesaria assaltada.

Inconformado com a decisão, o advogado do trio, Hugo Soares, diz que vai recorrer.

ASSALTANTE CHORA CONDENADO ASSALTO BRAGA
Ver comentários