Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Assaltava a pé e fugia de autocarro

A Polícia Judiciária do Porto prendeu um solitário que, desde Agosto do ano passado, assaltou 11 bancos em Guimarães e em Vizela. O último assalto foi na passada quarta-feira, mas o pouco dinheiro conseguido tê-lo-á levado a voltar na sexta-feira. Foi apanhado.
17 de Março de 2009 às 00:30
O ladrão repetiu duas vezes os alvos, sempre em Guimarães. Ia a pé aos bancos e usava o autocarro
O ladrão repetiu duas vezes os alvos, sempre em Guimarães. Ia a pé aos bancos e usava o autocarro FOTO: Mário Fernandes

O suspeito tem 30 anos e actuava de cara descoberta. Não tinha carro, nem motorizada, e andava sempre de transportes públicos. Os assaltos foram no Centro das cidades de Guimarães e Vizela.

Por se revelar relativamente fácil, o indivíduo chegou mesmo a repetir os alvos. Por duas vezes foi aos balcões do BPP e outras duas ao BPI, ambos da cidade de Guimarães.

No assalto cujo resultado foi mais proveitoso a quantia roubada não ultrapassou os quatro mil euros. Nos restantes, os valores foram sempre menores, já que a política de segurança dos bancos não permite que aqueles guardem elevadas quantias na caixa. Estão sim em cofres de segurança máxima, cuja abertura é retardada.

Ainda segundo o CM apurou, o indivíduo fazia crer às vítimas que possuía uma arma. A PJ acredita que não a tinha, havendo também indícios de que só repetia os assaltos quando lhe acabava o dinheiro. Sem emprego, profissão conhecida e qualquer outro meio de subsistência, o homem, que vivia sozinho, fazia mesmo dos assaltos o seu modo de vida.

Preso pela Judiciária do Porto, o indivíduo, que residia em Guimarães, foi levado a tribunal. O juiz aplicou-lhe a prisão preventiva como medida de coacção até ao julgamento.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)