Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Assaltou e foi acusado no dia seguinte

O Ministério Público de Almada acusou, em processo sumário, um arguido que, a 1 de Julho, assaltou um homem numa pastelaria, em Cacilhas, divulgou esta quinta a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.
5 de Julho de 2012 às 16:36
Tribunal de Almada precisou de apenas um dia para acusar suspeito
Tribunal de Almada precisou de apenas um dia para acusar suspeito FOTO: Sérgio Almada

O arguido abordou o ofendido dentro da casa de banho da pastelaria e, perante a resistência deste, agrediu-o a murro e tirou-lhe a carteira. Os factos ocorreram cerca das 17h00 do passado domingo.

Perseguido por populares e detido em flagrante delito, o arguido foi apresentado pelo Ministério Público a julgamento sumário na segunda-feira, 2 de Julho, e a acusação foi recebida pelo Tribunal no mesmo dia. A carteira foi restituída à vítima.

O Tribunal reagendou a audiência em processo sumário para o próximo dia 16 de Julho, em resposta ao pedido de prazo para organização da defesa.

assalto carteira pastelaria almada tribunal acusação suspeito
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)