Assassina mulher à facada quatro horas depois de ter alta psiquiátrica

Daniel Santos, psicótico, queixou-se à GNR de que a mulher lhe punha veneno no tabaco, em Vila Franca de Xira.
Por Henrique Machado|29.12.18
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
Quando Daniel Santos entrou na GNR da Azambuja para apresentar queixa da mulher e da sogra que, segundo ele, lhe colocavam veneno no tabaco para o matar, os militares perceberam que o homem de 42 anos estava psicótico.Fez a queixa pelas 22h50 mas de seguida foi levado para a urgência do Hospital de Vila Franca de Xira, cujo serviço de Psiquiatria ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouAssine 1 mês por 1€.
Para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje por 0.60€ + IVA
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica
ou
UTILIZE O 
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!