Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Assassinada a tiro por marido polícia

Isabel Neves, de 51 anos, pediu ajuda por SMS.
Miguel Curado 21 de Outubro de 2016 às 01:45
Assassinada a tiro por marido polícia
Uma portuguesa de 51 anos foi esta quinta-feira morta a tiro pelo marido, um agente da Guardia Civil da mesma idade, que se suicidou em seguida. O crime ocorreu na casa onde ambos residiam, em Fuentes de Oñoro, localidade espanhola próxima de Vilar Formoso.

O alarme foi dado por uma familiar do casal, a quem Isabel Paixão Neves terá enviado uma mensagem de telemóvel a pedir ajuda.

A Guardia Civil deparou-se já com os cadáveres. A arma usada pertencia ao agente da autoridade e estava legalizada.

Isabel Neves era muito conhecida em Vilar Formoso por ser filha de um funcionário de uma padaria da terra.
Guardia Civil Fuentes de Oñoro Vilar Formoso Isabel Paixão Neves crime lei e justiça
Ver comentários