Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Assedia mulher e acaba morto

Duas amigas, de 27 e 33 anos, juntaram-se e espancaram homem, que morreu no hospital.
8 de Julho de 2014 às 08:44
Vítima esteve seis dias internada no hospital do Funchal, onde acabou por perder a vida
Vítima esteve seis dias internada no hospital do Funchal, onde acabou por perder a vida FOTO: Joana Sousa

Duas mulheres, de 27 e 33 anos, espancaram um homem com brutalidade durante uma discussão, em Câmara de Lobos, na Madeira. A vítima teve de ser hospitalizada, acabando por morrer seis dias depois do internamento, o que levou a que as suspeitas fossem agora presas pela Judiciária.

Fonte do Departamento de Investigação do Funchal daquela polícia diz ao CM que a "vítima e as duas detidas se envolveram numa discussão a 27 de junho, no bairro em que residiam, e à vista de testemunhas". Na origem do crime terá estado o facto de a vítima ter assediado sexualmente uma das mulheres. O homem acabou por ser agredido com particular violência pelas duas mulheres, que o deixaram desfalecido. Populares auxiliaram a vítima, transportada de urgência ao hospital do Funchal. A gravidade dos ferimentos que sofreu viria, no entanto, a causar-lhe a morte. A vítima faleceu na passada quinta-feira. A PJ veio depois a identificar e prender as duas mulheres, que não têm antecedentes. Ambas foram constituídas arguidas por ofensas à integridade física graves, agravadas por morte. Incorrem em penas dos 2 aos 10 anos de prisão. O juiz deixou-as à espera de julgamento sujeitas a apresentações diárias à PSP.

madeira assedia mulher acabou morto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)