Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Associação que acolheu suspeito de terrorismo em Lisboa diz que refugiados apresentam documentos do Estado

"A nós cabe-nos simplesmente acolher e dar emprego", referiu a presidente da Associação Pão a Pão.
Correio da Manhã 7 de Setembro de 2021 às 12:00
A carregar o vídeo ...
Associação que acolheu suspeito de terrorismo em Lisboa diz que refugiados apresentam documentos do Estado

Yasser, o iraquiano suspeito de ter ligações ao Daesh, trabalhava na associação Pão a Pão. Francisca Henriques, presidente da associação, disse ao CM que casos como o de Yasser representam uma "ínfima minoria".

A presidente da associação explicou que não é feita uma triagem de segurança para acolher os refugiados na associação uma vez que eles "chegam com documentos legais do Estado Português. A nós cabe-nos simplesmente acolher e dar emprego", referiu.

Francisca explicou que o projeto tem como objetivo integrar pessoas refugiadas do Médio Oriente, para lhes oferecer emprego e facilitar a inclusão dessas pessoas na sociedade portuguesa.

"Não pode ficar em causa a nossa solidariedade para com as pessoas refugiadas e temos a obrigação de lhes continuar a estender a mão", rematou Francisca Henriques sobre o caso dos dois irmãos iraquianos detidos em Lisboa por suspeitas de ligação ao terrorismo.

Yasser Estado Português Daesh Pão Francisca Henriques questões sociais demografia minorias
Ver comentários