Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Associações contra extradição de indiano

Solidariedade com preso pelo SEF em Portugal.
M.C. 25 de Dezembro de 2015 às 13:02
O ativista indiano preso no Algarve por suspeitas de terrorismo tinha por hábito visitar o nosso País. Este ano, segundo um dos seus advogados, esteve em território nacional por quatro vezes. Paramjeet Singh, de 42 anos, foi detido pelo SEF na sexta-feira quando se encontrava com a família num hotel em Albufeira. Foi presente ao Tribunal da Relação de Évora, que validou a sua detenção por mais 18 dias, para que a Índia formalize o pedido de extradição.
Diversas associações e grupos de sikhs (culto religioso indiano) de todo o Mundo têm mostrado solidariedade com Paramjeet Singh, ‘Pamma’, o indiano de 42 anos preso em Albufeira pelo SEF, a 19 de dezembro.

O ativista político, suspeito de dois ataques bombistas e um homicídio, está detido na cadeia de Beja por ordem da Relação de Évora. Ali continuará até 4 de janeiro, a aguardar que a Índia peça a extradição. Os familiares e amigos, no entanto, avisam que se isso acontecer, Paramjeet será morto nas cadeias indianas, como um irmão e primo.
Ver comentários