Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

ATACOU O RIVAL À CATANADA

A catana que 'José', nome fictício, trazia sempre na carrinha de trabalho servia para se defender. E foi o que fez há uma semana quando disferiu um golpe profundo no braço de um homem com quem discutiu. No Bairro do Talude Militar, Sacavém, fala-se de vingança da morte de Adérito, noticiada no CM no dia 13. No entanto, na origem da rixa esteve uma mulher: a mãe do jovem falecido.
27 de Setembro de 2004 às 00:00
Violência anda à solta no Bairro do Talude Militar, em Unhos
Violência anda à solta no Bairro do Talude Militar, em Unhos FOTO: Natália Ferraz
Foi no passado domingo, dia 19, à noite, que 'José' se envolveu numa briga com outro homem, que vamos chamar de 'António'. No Bairro do Talude Militar todos pensaram que na origem do desacato estaria a morte de Adérito (ver caixa), mas não.
'José' e 'António', ambos na casa dos 40 anos, eram amigos do falecido. Mas era com 'José' que Adérito trabalhava. E também era com ele que a mãe de Adérito mantinha uma relação amorosa. Tudo normal não fosse 'António' mostrar interesse na mesma mulher. E foi por ela que ambos se envolveram numa acesa briga.
Fonte policial contou ao nosso jornal que era normal ambos discutirem mas nunca chegaram à agressão. 'José' pensou que 'António' estava armado e, para se defender, "foi à carrinha buscar uma catana", explicou. E foi com ela que atingiu 'António' num braço.
Em Unhos, os moradores acreditam noutra versão. "Ele ia cortar-lhe o pescoço, mas o outro pôs lá o braço para se defender e cortou-se", contou um morador ao CM.
PARA RECORDAR
MORTO À FACADA
Dois jovens foram esfaqueados por um outro no passado dia 12 no Bairro do Talude Militar, em Sacavém. Adérito, 19 anos e com problemas cardíacos, não resistiu e acabou por sucumbir já no hospital de S. José. O alegado agressor estava inserido num grupo de jovens que apareceu numa festa de casamento sem ser convidado. A GNR de Loures deteve, de imediato, um jovem de 22 anos, suspeito do homicídio.
Ao que tudo indica o grupo chegou à Associação de Moradores, onde decorria a festa, por volta das 22h00. voltou, cerca de duas horas depois, com facas e um pit-bull. O detido terá sido ajudado por um outro jovem, já identificado, que agarrou nas vítimas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)