Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Ataque de águia custa 80 mil €

Menino com 4 anos sofreu, em 2005, ferimentos graves no rosto e sequelas físicas e psicológicas que se mantêm.
Sérgio A. Vitorino 10 de Novembro de 2014 às 08:13
Vítima estava a assistir a um espetáculo de aves de rapina dentro do parque Aquashow
Vítima estava a assistir a um espetáculo de aves de rapina dentro do parque Aquashow FOTO: Pedro Noel da Luz

Um dia de diversão com o pai e o irmão custou a Tiago ferimentos graves na cara e sequelas físicas e psicológicas que ainda se mantêm. O menino, na altura com 4 anos, foi atacado em outubro de 2005 por uma das águias do espetáculo de aves de rapina do Aquashow, em Quarteira. O Supremo Tribunal de Justiça condenou agora o parque aquático a pagar uma indemnização de 80 mil euros à criança, atualmente com 13 anos, e ao pagamento do acompanhamento psicológico a que está a ser sujeito.




De acordo com o acórdão, a que o CM teve acesso, Tiago, o pai e o irmão de 7 anos assistiram ao espetáculo de aves de rapina, que terminou mais cedo porque uma águia nova no parque desobedeceu ao treinador, que espalhou comida no chão para as aves ficarem junto ao público. Tiago, que estava a seis metros dessa águia, foi golpeado por esta quando o animal atacou um boneco que o menino tinha na mão. As garras provocaram-lhe ferimentos na mão direita e no lado direito da face: ainda hoje tem uma cicatriz visível que lhe atravessa o rosto desde a parte inferior do olho direito, cana do nariz e até ao início do sobrolho esquerdo. Tiago foi submetido a duas cirurgias, uma delas reconstrutiva, e passou a ter pesadelos, terrores noturnos e medo de animais (com pânico de aves em particular). Devido à cicatriz e aos seus medos, é alvo de troça na escola: os colegas chamam-lhe "o menino da águia". O espetáculo de aves de rapina não estava licenciado na altura em que aconteceu o ataque ao menino.

águia ataque Aquashow Quarteira Supremo Tribunal Justiça
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)