Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

ATAQUES A BOMBAS

São três, negros, e todos na casa dos 20 anos. Moram num dos bairros degradados da zona da Amadora, e na madrugada de sábado aproveitaram a ausência de um condutor para lhe roubar o carro, no Bairro das Fontainhas, Damaia. A PSP suspeita que a viatura tenha sido usada, durante o fim-de-semana, em dois assaltos a bombas de gasolina.
7 de Setembro de 2004 às 00:00
Num dos crimes, o funcionário foi mais rápido que os gatunos, inviablizando qualquer roubo. No outro, voaram as receitas de um turno de serviço de uma gasolineira da Amadora. A PJ investiga.
A viatura foi roubada cerca das 03h00 de sábado. Um Honda Civic CRX, preto, estacionado pelo seu proprietário no Bairro das Fontainhas, na Damaia, foi rapidamente aberto pelos três jovens, que com ele desapareceram na noite.
O primeiro alvo foi escolhido pouco antes da hora de almoço de sábado. Na altura, era um colega de Alfredo Gaspar quem estava de serviço nas bombas da Galp da Calçada de Carriche, sentido Odivelas-Lisboa. “Ele foi ameaçado por um indivíduo, de caçadeira, que lhe pediu o dinheiro todo. O meu colega conduziu-o à cabine e, sem ele reparar, carregou no alarme. O gatuno assustou-se e fugiu”, referiu o funcionário.
Pelas 00h55 de ontem, a PSP acredita que os mesmos indivíduos terão assaltado as bombas Galp da Praceta Miguel Cláudio, na Amadora. Também com uma caçadeira, os gatunos roubaram ao funcionário 430 euros e um cheque, dinheiro feito durante toda a tarde de domingo, fugindo em seguida.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)