Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Atinge homem no pénis ao tentar matar ex-mulher

Condenado a seis anos de prisão depois de disparar 14 vezes contra a porta de casa da ex-mulher.
27 de Fevereiro de 2014 às 16:40
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro FOTO: Nuno Fernandes Veiga / Correio da Manhã

O Tribunal de Aveiro condenou ontem um ex-segurança a seis anos de prisão por tentar matar a ex-companheira e um vizinho desta. O coletivo deu ainda como provados os crimes de violência doméstica e ofensas à integridade física graves de que João Teixeira, de 27 anos, estava acusado.

João vivia obcecado pela ex mulher, que o deixara dois meses antes, e já lhe tinha efetuado várias ameaças. A 8 de abril do ano passado, na Forca, em Aveiro, entrou no prédio da ex-companheira decidido a cumprir o que vinha a prometer. Disparou 14 tiros de revólver contra a porta da casa da mulher.

Um vizinho ouviu o barulho e, quando confrontou João, foi baleado no pénis. Ficou ferido com gravidade e foi hospitalizado. "O tribunal não teve dúvidas de que o arguido tinha intenção de matar a ex-companheira, não só pela questão dos tiros, mas também por todos os objetos que levava na mochila", sustentou a presidente do coletivo.

Depois do crime, João – que está em preventiva – entregou-se junto da polícia. No automóvel, transportava um garrafão de gasolina, dois x-atos, fita adesiva e uma corda, que nunca explicou para que serviam. Para o coletivo, é necessário dar "um sinal claro" de que estes crimes são punidos.

Aveiro João Teixeira prisão preventiva condenação ex-mulher
Ver comentários