Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Atira-se a ladrões que julgava serem as irmãs

Franck Pereira não pensou duas vezes antes de atacar, ontem de manhã, três assaltantes que lhe invadiram a casa, na rua Direita, no Sobreiro, Albergaria-a-Velha. O jovem de 26 anos lutou com os ladrões, conseguiu apanhar um deles e entregá-lo à GNR. Entre os cúmplices que escaparam, um será ex-funcionário do proprietário da residência.

5 de Março de 2012 às 01:00
Franck Pereira estava a dormir quando ouviu barulhos no piso inferior da habitação
Franck Pereira estava a dormir quando ouviu barulhos no piso inferior da habitação FOTO: Francisco Manuel

"Quando os vi, nem sequer pensei se podiam estar armados. Atirei-me para cima deles", explicou ao Correio da Manhã Franck Pereira, filho do dono da casa atacada. Eram 07h45 quando os assaltantes entraram pelas traseiras da moradia e partiram o vidro da janela da cozinha. Franck estava a dormir, quando ouviu barulhos. Pensou que eram as irmãs e levantou-se para lhes pedir silêncio. Foi surpreendido por três encapuzados.

"Embrulhámo-nos ao soco e pontapé. Dois fugiram, mas consegui apanhar o terceiro no jardim, depois de lutarmos corpo a corpo", explica.

O detido, um jovem de 25 anos, residente na Mourisca do Vouga, concelho de Águeda, terá denunciado às autoridades os outros dois cúmplices. "Um deles já trabalhou na serralharia do meu pai e conhecia a casa. Sabia que o meu pai estava fora do País, que a minha mãe dormia no andar de cima e também que raramente estava alguém em baixo", referiu Franck Pereira. O suspeito vai ser presente hoje de manhã ao Tribunal de Albergaria-a-Velha para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial e conhecer as medidas de coacção.

ALBERGARIA-A-VELHA ROUBO ASSALTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)