Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Ativista português investigado em Itália espera ajuda do Governo

Miguel Duarte está a ser investigado por ajuda à imigração ilegal. Jovem pode apanhar 20 anos de cadeia.
Luís Oliveira 19 de Junho de 2019 às 09:07
Miguel Duarte
Navio ‘Iuventa’ pertence a organização não governamental alemã
Miguel Duarte
Navio ‘Iuventa’ pertence a organização não governamental alemã
Miguel Duarte
Navio ‘Iuventa’ pertence a organização não governamental alemã
O ativista português que está a ser investigado em Itália por ajuda à imigração ilegal, ao integrar um grupo que ajudava refugiados no mar Mediterrâneo, referiu esta terça-feira que ainda não foi contactado pelo Governo português. Arrisca 20 anos de prisão.

"Não, ainda não tive nenhum contacto", referiu Miguel Duarte, de 26 anos, esta terça-feira, na Assembleia da República, depois de ter sido recebido por deputados do Bloco de Esquerda. Na segunda-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, garantiu todo o apoio a Miguel Duarte, sublinhando que é preciso ter noção de que as suas ações "são inspiradas por razões humanitárias".

Adiantou que o jovem voluntário beneficia de apoio consular tal como qualquer cidadão português. "Neste caso há outra razão: é preciso olhar, com cuidado, para tentativas de tratar como crimes ações que foram e são inspiradas por razões humanitárias", disse o ministro, adiantando: "Acompanharemos com cuidado esse processo e outros semelhantes."

Miguel Duarte e nove ex-tripulantes do ‘Iuventa’, navio de uma organização não governamental alemã de resgate humanitário, foram constituídos arguidos. Já foram recolhidos 25 mil euros para ajudar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)