Atraso nas luzes de Natal preocupa comerciantes do Porto

Empresários temem quebra nas vendas com iluminação ainda desligada em plena quadra festiva.
Por Aureliana Gomes|08.12.18

Uma semana depois de ter sido inaugurada a iluminação de Natal nos Aliados, Porto, as restantes ruas do centro da cidade continuam à espera que as luzes sejam ligadas. É o caso das ruas Sá da Bandeira, Costa Cabral, Cedofeita e Fernandes Tomás. O atraso, a pouco mais de duas semanas do Natal, está a revoltar os comerciantes. "A iluminação potencia o comércio e esta ausência de luzes reduz a presença de pessoas e, como consequência, as vendas", disse ao CM Joel Azevedo, presidente da Associação de Comerciantes do Porto.

A autarquia anunciou, em novembro, que ia acender mais de dois milhões de luzes, em 59 ruas, praças e jardins, a partir de 1 de dezembro, mas, no dia previsto, em comunicado, informou que parte substancial não seria ligada por incumprimento da empresa contratada para prestar o serviço. Agora, à exceção da avenida dos Aliados e da rua de Santa Catarina, não há ainda luzes de Natal no Porto.

Questionada pelo Correio da Manhã, a Câmara do Porto indicou que foi, entretanto, acionado um "plano de contingência" para resolver o problema e que as ruas ficarão iluminadas "nos próximos dias".

Joel Azevedo lamenta e lembra que, em junho, a associação se prontificou a colaborar com a câmara municipal na organização da quadra natalícia. "Não se mostraram interessados. Lamentamos que isso tenha acontecido", esclareceu o responsável, lembrando que muitos comerciantes aproveitam a época para assegurar mais negócio. "Esperamos que, no próximo ano, este problema não se repita. Consideramos que é obrigação de uma autarquia ajudar o comércio local", referiu.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!