Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Homem morre colhido por metro na Póvoa de Varzim

Vítima "foi arrastada cerca de 100 a 200 metros pela composição", disse o comandante dos bombeiros.
Aureliana Gomes 28 de Janeiro de 2021 às 14:18
Bombeiros
Bombeiros FOTO: CMTV

Um homem morreu, ao final da manhã de hoje, ao ser colhido pelo Metro, junto à estação da Póvoa de Varzim.



O alerta foi dado cerca das 12h30 para os bombeiros com um pedido de socorro para uma vítima inconsciente. "Quando os bombeiros lá chegaram, depararam-se com um corpo desmembrado, dando a perceber que terá sido arrastado cerca de 100 a 200 metros pela composição", explicou, ao CM, Francisco Nova, comandante dos Bombeiros da Póvoa de Varzim.

As causas do acidente são ainda desconhecidas. O maquinista não terá visto qualquer pessoa a atravessar ou a colocar-se em cima da linha.

No local para além dos Bombeiros da Póvoa de Varzim, está a ambulância de Suporte Imediato de Vida e as autoridades que estão a investigar. A circulação está interrompida nos dois sentidos.

A vítima mortal era uma pessoa em condição de sem-abrigo e "conhecido das autoridades", revelou à Lusa fonte dos bombeiros locais.

Metro Póvoa de Varzim Bombeiros da Póvoa de Varzim acidentes e desastres organizações de socorro
Ver comentários