Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Atropelamento reconstituído

Funcionários judiciais e juízes do Tribunal de Setúbal estiveram ontem na avenida 22 de Dezembro para reconstituir o atropelamento – seguido de fuga – que em Maio de 2007 causou a morte a Rafaela Rovisco, de apenas 15 anos. O suspeito, que esteve sempre algemado enquanto era escoltado por guardas prisionais, tentou explicar por que razão não parou na passadeira em frente à escola. Desconhece-se as conclusões retiradas.
17 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Condutor (à direita) saiu ontem da cadeia para ir ao local com os juízes
Condutor (à direita) saiu ontem da cadeia para ir ao local com os juízes FOTO: Catarina Santos/A-gosto.com

Segundo o CM apurou, o jovem, que conduzia o Honda Civic vermelho a 25 de Maio de 2007, está em prisão preventiva, mas por envolvimento em tráfico de droga. Atropelou Rafaela numa passadeira em frente à Escola Secundária do Bocage e não prestou auxílio à vítima, que morreu ainda no local.

Um ramo de flores assinala ainda hoje o local onde a jovem, de 15 anos, perdeu a vida. Familiares e testemunhas do atropelamento acompanharam também a reconstituição do mesmo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)