Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

AULAS VÃO COMEÇAR SEM PROBLEMAS

O Ministério da Educação assegurou, esta terça-feira, que a abertura do ano lectivo, previsto para o próximo dia 16, irá decorrer com normalidade. Todavia, os sucessivos atrasos e falhas no processo de colocação dos docentes deixam os sindicatos pouco optimistas.
7 de Setembro de 2004 às 15:41
“Se tudo correr como o esperado, antes do início ano lectivo vão ser colocados a esmagadora maioria dos professores, cerca de 90 por cento”, garantiu Joana Ramos, adjunta da ministra da Educação.
A tutela mostra-se confiante dado que até agora o processo de colocação dos professores tem decorrido sem problemas. O concurso termina hoje, mas o Ministério da Educação garante que os professores ingressarão nas escolas de acordo com o destacamento por condições específicas bem como áreas pedagógicas.
SINDICATOS APREENSIVOS
A Federação Nacional dos Sindicatos Professores (Fenprof) e a Confederação de Associações de Pais (Confap) assumem uma posição relutante face à confiança evidenciada pela tutela. Os sindicatos acreditam que os erros no processo tardio de colocação dos professores vão afectar este ano lectivo, nomeadamente com a eventual redução da qualidade de ensino devido à falta de tempo para as actividades preparatórias das aulas deste ano escolar.
A Confac considera que deverá ser revisto o processo do concurso de professores por forma a torná-lo mais justo e eficaz. O sindicato exige ainda o apuramento de responsabilidades através de um rigoroso inquérito.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)