Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Aumenta verba para combate a incêndios

O ministro da Administração Interna garantiu ontem que não vai haver nenhum corte no dispositivo de combate a incêndios e que há aumento em 8,5% da verba para as corporações.
5 de Maio de 2013 às 01:00

Um dia depois de Passos Coelho ter anunciado que todos os ministérios têm de reduzir as despesas correntes em 10%, Miguel Macedo afirmou que no seu gabinete o ajustamento será feito sem "nenhuma quebra da atividade operacional".

O ministro assegurou que "nunca será posto em causa o apoio aos bombeiros na época mais crítica" - fase Charlie, entre 1 de julho e 30 de setembro. "Não há nenhum corte no dispositivo de combate aos fogos. Este ano aumentámos em 8,5% as verbas para os bombeiros", afirmou. A primeira fase, Bravo, começa a 15 de maio, mas continua suspensa a assinatura do contrato para o fornecimento de 25 helicópteros de combate a incêndios, adjudicado à empresa Everjets, que venceu o concurso em fevereiro.

MINISTRO ADMINISTRAÇÃO INTERNA MIGUEL MACEDO FOGOS INCÊNDIOS
Ver comentários