Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Aumento da temperatura ameaça regiões portuguesas

A região da ria de Aveiro, o estuário do rio Sado e a ilha de Porto Santo são algumas das regiões do território nacional que enfrentarão maiores perigos perigos no caso de registar-se um eventual aumento da temperatura média global em dois graus.
7 de Dezembro de 2004 às 08:54
Ria de Aveiro
Ria de Aveiro FOTO: d.r.
Esta é um das conclusões de um estudo sobre as consequências das alterações climáticas em Portugal, que o presidente do Instituto do Ambiente, João Gonçalves, vai apresentar esta terça-feira em Buenos Aires, na Argentina, num encontro para definir as novas metas de redução das emissões poluentes, no âmbito de uma Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas.
O facto de aquelas regiões portuguesas se localizarem em zonas baixas e planas faz com que estejam vulneráveis a um aumento do nível das águas do mar, em consequência de uma eventual subida global da temperatura em todo o planeta, que fará derreter parte das calotes polares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)