Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Autópsia descarta crime

Os primeiros resultados da autópsia ao corpo de Afonso Tiago, o engenheiro português encontrado morto no rio Spree na última sexta-feira, não revelaram indícios de crime. A informação foi ontem confirmada ao CM pelo gabinete de imprensa da polícia de Berlim, que investigou o caso desde o desaparecimento do jovem, de 27 anos, que foi visto pela última vez a 10 de Janeiro, naquela cidade alemã.
11 de Março de 2009 às 00:30
Afonso terá sofrido acidente
Afonso terá sofrido acidente FOTO: Lusa

"Terá sido vítima de um acidente, uma vez que não há indícios de ter estado outra pessoa envolvida", disse fonte da polícia.

Ainda assim, o CM apurou que o corpo foi ontem sujeito a nova perícia – cumprindo as formalidades obrigatórias da lei alemã. A polícia garante que continua a investigar o caso, que mobilizou familiares e amigos do engenheiro português durante quase dois meses.

O desaparecimento do português foi, inclusivamente, um assunto discutido durante a recente visita de Cavaco Silva à Alemanha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)