Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Autorizada despesa para manter os caças F16 da Força Aérea

Em causa está material para a operação diária das aeronaves.
Sérgio A. Vitorino 3 de Dezembro de 2021 às 09:40
Caças F16
Caças F16 FOTO: Direitos Reservados
O Conselho de Ministros autorizou esta quinta-feira a “despesa”, sem divulgar montante, para “aquisição de bens e serviços”, pela Força Aérea, para “sustentação logística” dos caças F16, para 2022 a 2024.

Segundo fontes militares, em causa está material para a operação diária das aeronaves: após venda de 17 à Roménia, Portugal tem uma frota de 28 F16. Os caças - que 3ª feira concluíram a missão de policiamento aéreo na Lituânia - deverão ser mantidos pelo menos até 2030.

A maioria das nações parceiras já tem caças de 5ª geração - avanço que Portugal ainda não decidiu. 

F16 da Força Aérea Conselho de Ministros Força Aérea Portugal política defesa
Ver comentários
}