Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

BALEADA À PORTA DE CASA COM DOIS TIROS NA CABEÇA

Uma mulher, de 51 anos, foi ontem de manhã, cerca das 07h00, baleada à porta do seu apartamento com dois tiros na cabeça por um vizinho, de 61 anos, na Rua da Bela Vista, em Olhos d'Água (Albufeira). A vítima foi transportada em estado grave para o Hospital de Faro (HDE), enquanto o agressor se entregou no Posto da GNR local. Desaguisados antigos estarão na origem do crime.
1 de Julho de 2004 às 00:00
O crime deu-se num bloco de apartamentos em Olhos d'Água
O crime deu-se num bloco de apartamentos em Olhos d'Água FOTO: Paulo Arez
"Ele devia estar à espera dela", referiram alguns vizinhos ao CM, lembrando que "a Fernanda estava a sair de casa para ir trabalhar (é funcionária num OTL municipal) quando foi alvejada". Uma poça de sangue no chão indicava ontem o local do crime.
A vizinhança assegura que a mulher atingida a tiro "é muito boa pessoa, gosta de ajudar toda a gente e tem um coração de ouro, mas é uma pessoa muito frontal e há quem não goste disso", adiantando que ela "vive com um filho e uma filha, enquanto o marido está a trabalhar na Madeira". Quanto ao presumível agressor, ninguém se alonga em grandes comentários.
O CM conseguiu entrar em contacto com a esposa do homem agora detido, que se limitou a referir não saber o que se passou, frisando, no entanto, que "havia fitas e problemas entre eles quase todos os dias". Outras pessoas acrescentaram que "os desentendimentos teriam a ver com questões de condomínio".
Depois de balear a vizinha, o homem acabou por se entregar no Posto da GNR de Albufeira, ficando detido. As autoridades também apreenderam a pistola de calibre 6.35 milímetros usada para efectuar os disparos e que é propriedade do indivíduo.
Quanto à vítima, esta sofreu ferimentos muito graves resultantes dos tiros na cabeça, encontrando-se internada no Hospital Distrital de Faro. O prognóstico é considerado muito reservado, segundo apurou o CM junto de fonte do HDF.
Ver comentários