Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

BALEOU IRMÃ E VIZINHA NUM ATAQUE DE LOUCURA

Um juiz decretou ontem o internamento imediato do soldador de 49 anos que na terça-feira feriu a tiro a sua irmã e outra mulher, respectivamente de 51 e 76 anos, no bairro da Gala, Figueira da Foz.
9 de Outubro de 2004 às 00:00
O agressor, que vivia sozinho e mantinha um litígio com a irmã pela posse da casa da família, disparou por duas vezes uma pistola de alarme adaptada, de calibre 6.35 mm, atingindo as mulheres à queima-roupa, na boca e no pescoço.
De acordo com os vizinhos, o crime ocorrido no largo das Alminhas, que enviou o arguido para o hospital--prisional de Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos, tem origem num longo historial de desavenças. “Ele fazia constantemente ameaças à irmã”, disse Manuel Ferreira, genro da vítima mais idosa.
Na terça-feira à tarde, Esmeralda Garcia regressou de um internamento hospitalar e foi ter com o irmão, José Manuel, para que devolvesse as chaves da casa. Abordou-o na rua e levava consigo a amiga Maria Emília Silva, de 76 anos. Ele respondeu puxando a arma do bolso. “Apontou-lhes à cara e disparou, foi mesmo à cão. Depois ainda ficou na rua a gritar ‘Querem mais? Querem mais?’”, descreveu Manuel Catulo Pata, uma das testemunhas.
Revoltados com o caso, os moradores do largo e travessa das Alminhas falam em fazer justiça popular. É que as queixas relacionadas com o comportamento do detido são várias e incluem agressões a vizinhos, tiros para o ar durante a noite, insultos e disparos contra a casa da irmã. Terá, até, existido um abaixo-assinado de protesto, há anos.
Questionado sobre estes antecedentes, o comandante da PSP na Figueira da Foz, António Santos, afirmou que o agressor “era conhecido” da polícia, mas por assuntos sem gravidade, não existindo registo de possuir uma arma de fogo ilegal.
A PSP enviou 10 agentes para a Gala e em pouco tempo conseguiu surpreender e deter o indivíduo, que se tinha barricado em casa. Quanto às vítimas, foram assistidas no Hospital dos Covões e entretanto transferidas para o Hospital da Figueira da Foz, onde continuam internadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)