Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Bancada de circo ruiu e feriu alunos

A queda de uma bancada metálica de um circo instalado junto ao Pavilhão Municipal de Condeixa provocou ontem ferimentos ligeiros em seis crianças e numa mulher grávida.
16 de Dezembro de 2004 às 01:05
O dono do circo garante que 'foi tudo vistoriado'
O dono do circo garante que 'foi tudo vistoriado' FOTO: Carlos Jorge Monteiro
Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Condeixa, Mário Lourenço, “apresentavam apenas escoriações”, quatro receberam assistência no centro de saúde local, dois no Hospital dos Covões e a mulher na Maternidade Bissaya Barreto. Já todos tiveram alta médica.
O circo Cláudius, contratado pela Câmara Municipal de Condeixa para organizar as festas de Natal das escolas e dos idosos da região, realizou espectáculos ontem e anteontem, tendo o acidente acontecido durante a última actuação, pelas 15h15.
Cláudio Torralvo, proprietário do circo do Porto, assegurou que “a bancada estava assente em terreno sólido”. “Não tenho explicação para o que se passou”, afirmou, sublinhando que “foi vistoriada, o recinto licenciado, mas os acidentes acontecem”.
O dono do circo Cláudius lamentou a “má imagem” que fica do circo, garantindo ter sido “contratado para fazer festas e não desgraças”. De forma a apurar o que se passou, Cláudio Torralvo vai chamar o serralheiro que construiu as bancadas em ferro para ver se detectam “alguma anomalia na construção”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)