Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Bancário desvia 600 mil euros a casal de Aveiro

Ex-funcionário do BCP desviou dinheiro durante 11 anos. Lesados pedem 2,1 milhões.
Sérgio Pereira Cardoso e Lusa 15 de Fevereiro de 2020 às 07:12
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro FOTO: Direitos Reservados
Um ex-funcionário do BCP está acusado pelo Ministério Público de Aveiro de ter desviado mais de 600 mil euros das contas de um casal de clientes ao longo de 11 anos.

Lesados e arguido conheceram-se em 1994, quando os primeiros, donos de uma pastelaria em Montemor-o-Velho, abriram uma conta. Adquirida a confiança, entre 2000 e 2011, o bancário foi levantando ou creditando na sua conta e na da mulher - também arguida - um total de 619 mil euros.

Para evitar que o casal se apercebesse, mantinha o saldo sem grandes disparidades, com operações a crédito, como ‘cash-advance’ e emissão de livranças. Os lesados pedem 2,1 milhões de indemnização, já que perderam até o próprio negócio.
Aveiro Ministério Público de Aveiro crime lei e justiça dinheiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)