Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Bancário desvia um milhão de euros dos clientes

Funcionário do Millenium BCP de Arcos de Valdevez suspeito de retirar dinheiro de contas e fazer créditos.
Liliana Rodrigues 28 de Abril de 2018 às 10:27
José Fernandes é um dos lesados de desvio de dinheiro do BCP de Arcos de Valdevez
Agência do BCP de Arcos de Valdevez
José Fernandes é um dos lesados de desvio de dinheiro do BCP de Arcos de Valdevez
Agência do BCP de Arcos de Valdevez
José Fernandes é um dos lesados de desvio de dinheiro do BCP de Arcos de Valdevez
Agência do BCP de Arcos de Valdevez
Dezenas de clientes da dependência do Millenium BCP de Arcos de Valdevez queixam-se de terem sido lesados por um bancário que retirou dinheiro das contas sem autorização dos titulares. Ter-se-á apropriado de cerca de um milhão de euros, mas poderão existir mais vítimas que ainda não se aperceberam do caso. O funcionário foi transferido há uma semana para o balcão de Viana do Castelo, mas terá pedido férias e está agora em parte incerta. Os lesados fizeram queixa à GNR e ao Ministério Público.

"Em janeiro vi que tinha tirado três mil euros da minha conta. Perguntei ao bancário que alegou que pretendia rentabilizar o dinheiro. Não gostei e insisti com emails e sms. Acabou por me devolver o dinheiro com um cheque", conta ao CM José Fernandes. O emigrante desconfiou e conferiu as contas dos pais. "São mais de 50 mil euros que desapareceram. E ficámos a saber que ele fez créditos em nome dos meus pais, sem eles saberem", explica.

"Ligaram-me do banco para tentar resolver um caso em que o funcionário em causa transferiu dinheiro de um vizinho para a nossa conta, para repôr um valor que tinha tirado. Queriam que devolvessemos o dinheiro, mas não aceitámos, ainda nos falta dinheiro na conta. O banco é que tem de assumir os atos do funcionário", considera José Fernandes que receia não ser ressarcido. "Só nos dizem para reunirmos todos os documentos e depois vão avaliar", diz.

O CM aguarda esclarecimentos do Millenium BCP.

PORMENORES
Queixas na polícia
Vários clientes lesados começaram já a apresentar queixas-crime na GNR e no Ministério Público. Esta quinta-feira, mais de trinta clientes estavam na dependência bancária à espera de explicações da instituição.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)