Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

BAPTISMO RECUSADO A MENINO DE CINCO ANOS

O pai de um menino de cinco anos está indignado por não poder baptizar o filho na Sé de Leiria, devido a uma orientação da vigararia que obriga as crianças daquela idade a frequentar a catequese antes do baptismo.
5 de Julho de 2004 às 00:00
Manuel Agostinho, de 40 anos, impressor gráfico, mora em Leiria e pretende baptizar o filho mais novo no dia 8 de Agosto, mas receia não o poder fazer na Sé da cidade, devido a uma orientação que considera “ridícula e sem nexo”.
“Disseram-me que a partir dos cinco anos as crianças fazem a catequese e são baptizadas só aos oito anos por altura da primeira comunhão”, contou Manuel Agostinho ao CM, adiantando que a medida só se aplica em Leiria, “o que a torna ainda mais descabida”.
Segundo o padre Jorge Guarda, Vigário Geral da diocese, trata-se de uma “opção” da vigararia, que visa “valorizar a fé” e tem por base uma orientação do Direito Canónico, que especifica que “as crianças em idade de frequentar a catequese obtêm outro tipo de preparação antes de receber o baptismo”.
“A Igreja diz que os pais devem pedir o baptismo para os filhos quanto antes após o nascimento, ora, se os pais negligenciaram essa decisão durante cinco anos, não podem vir agora com pressa”, frisou o padre.
O Vigário Geral da diocese considera “respeitáveis” os motivos de “ordem social” que levam os pais a pedir o baptismo para os filhos, mas lembra que se trata de um “acto sério, de fé” em que assumem o “compromisso de educar os filhos na fé cristã”, o que compreende a frequência de catequese.
“Isto é uma forma de obrigar as crianças a ir à catequese”, argumenta Manuel Agostinho, adiantando que os dois filhos mais velhos, baptizados com um e dois anos, “foram para a catequese de livre vontade, não precisaram de ser obrigados. Deviam era preocupar-se em criar incentivos para os miúdos não desistirem da catequese, como aconteceu com os meus filhos mais velhos, que depois de fazerem a primeira comunhão não quiseram continuar”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)