Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Bar de alterne utiliza água do rio Douro

O proprietário do edifício onde funciona um estabelecimento referenciado pelas autoridades como bar de alterne deixou que fosse cortado o abastecimento de água, há um mês, por discordar da alteração do negócio de restaurante para casa de alterne e por lhe deverem onze meses de renda.
14 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Joaquim Tomé  tem as torneiras secas e lava com a água do Douro
Joaquim Tomé tem as torneiras secas e lava com a água do Douro
O bar situa-se na Ferradosa, concelho de S. João da Pesqueira, junto ao rio Douro e numa zona isolada, bem perto de São Xisto, a aldeia que foi notícia pela morte de quatro dos sete habitantes.
Paulo Correia, filho do senhorio, disse ao CM ter apresentado em Tribunal uma acção de despejo e uma queixa-crime por cheque sem provimento contra o inquilino, devido a uma dívida de 13 750 euros, correspondente a onze meses de renda.
Com os recibos da água na sua posse, Paulo Correia recusou-se a pagar a conta e o abastecimento foi interrompido. “Os serviços camarários cortaram a água e cumpriram a sua obrigação”, justificou.
Segundo Paulo Correia, o estabelecimento está a ser usado “para fins menos próprios”. “Não admito que num espaço construído pelo suor dos meus pais seja exercida prostituição, em quartos no andar superior”, afirmou.
O estabelecimento foi arrendado para um restaurante, há dois anos, por Joaquim Tomé, de 43 anos, mas a “falta de clientes” obrigou-o a “mudar de ramo”. O empresário lamenta que “mentalidades retrógradas” lhe estraguem o negócio que “não perturba ninguém. Não há aqui prostituição é apenas um bar de meninas e meninos”.
Para superar a falta de água nas torneiras, Joaquim Tomé utiliza a água do rio, que está a dez metros do edifício, para as casas de banho e limpezas, enquanto a lavagem das loiças é feita com água que vai buscar a uma fonte em Vale da Vila.
O empresário afirma-se “revoltado” com a atitude do senhorio, pois tem “um contrato de arrendamento válido”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)