Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

BCP começa a cobrar MBWay esta segunda-feira

Presidente executivo do BCP avança que o banco vai cobrar pelas operações MBWay mas que cerca de metade dos clientes ficarão isentos.
16 de Junho de 2019 às 23:07
Sistema de pagamentos e transferências MB Way
Sistema de pagamentos e transferências MB Way
Sistema de pagamentos e transferências MB Way
O BCP vai começar a cobrar pelas operações no MBWay a partir de segunda-feira, avança Miguel Maya, que justifica a cobrança com o valor que o sistema cria para o cliente.

"Um serviço que tem valor deve ser cobrado. Aliás é a única forma de as empresas poderem gerar resultados, que lhes permitam investir e garantir o seu futuro", defende o presidente executivo do banco em entrevista ao Negócios e à Antena 1.

"Se for ao preçário do BCP, nós desde o primeiro momento que dissemos que íamos cobrar. Desde o primeiro momento em que o BCP lançou o serviço, lançou com um preço. E depois não o cobrou desde o primeiro momento. É uma estratégia normal. Não vou começar a atrair clientes para um serviço pago sem os clientes perceberem o valor do serviço. Era importante que o serviço ganhasse relevância e os clientes percebessem o valor do serviço e a partir do momento em que ele é percepcionado, passa a ser cobrado", explica Miguel Maya.

O presidente executivo do banco diz que 50% dos clientes não vão pagar pelo serviço: "os jovens até aos 23 anos e clientes com soluções integradas". Quem usar a aplicação do BCP "vai ter um preço que é praticamente 50% do preço na aplicação autónoma da SIBS".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)