Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Bebé atropelada pela mãe dentro de oficina

Criança, de 20 meses, foi colhida quando a mãe fazia uma manobra com um automóvel em Amarante.
Aureliana Gomes 13 de Junho de 2019 às 01:30
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Bebé de 20 meses atropelado pela mãe em Amarante
Uma menina de 20 meses ficou ferida, esta quarta-feira ao final da manhã, depois de ter sido atropelada pela mãe, numa oficina de automóveis especializada em pneus, no lugar de Carvalhinhas, em Cepelos, Amarante.

As causas do acidente estão ainda por apurar. A mulher estaria na oficina de que é proprietária com o marido e, ao fazer manobras numa viatura, não se terá apercebido e acabou por atropelar a criança.

"Ainda nem estou em mim. Moro aqui perto e, quando soube, fiquei em choque. Só quero que a menina fique bem", disse, ao CM, uma vizinha da oficina Pneus Carvalhinhas.

O alerta foi dado cerca das 12h00, pelos pais da bebé. A criança foi assistida no local pelos bombeiros de Amarante e por equipas de Suporte Básico de Vida de Amarante e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Centro Hospitalar do Vale do Sousa.

Foi depois transportada para a urgência Pediátrica do hospital de Penafiel, acompanhada, por precaução, pela viatura da VMER.

"A bebé foi estabilizada e levada ao hospital. No local, não se conseguiu precisar o estado clínico da criança. Nem o médico do INEM conseguiu fazer um diagnóstico porque poderão haver sequelas internas. Só com exames hospitalares é que se vai perceber", explicou o comandante dos bombeiros de Amarante, Rui Ribeiro.

A mãe da menina também ficou em choque e teve de receber apoio psicológico do INEM.

A GNR foi chamada e está agora a investigar as causas do acidente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)