Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Bebé colocada em instituição

A bebé abandonada num saco de plástico no Porto, no dia 24, já está numa instituição. A recém-nascida saiu anteontem do hospital, por ordem do tribunal. Já o bebé abandonado em Vila do Conde, no sábado, pode ser entregue à guarda da mãe. O pai da criança é hoje ouvido pela Comissão de Protecção de Crianças em Risco.
6 de Outubro de 2011 às 01:00
A recém-nascida foi abandonada no passado dia 24. O seu destino poderá ser a adopção
A recém-nascida foi abandonada no passado dia 24. O seu destino poderá ser a adopção FOTO: Miguel Pereira da Silva

Os destinos das duas crianças, que têm uma história semelhante, avizinham-se cada vez mais diferentes. A recém-nascida encontrada num saco de plástico reutilizável no Porto estava à guarda do Hospital de São João desde o dia em que foi encontrada. Como ainda não se conseguiu identificar a mãe da criança, o Tribunal de Família e Menores ordenou que a menina fosse entregue, anteontem, a uma instituição. O destino poderá agora ser a adopção.

No caso do recém-nascido abandonado numa caixa de plástico em Vila do Conde, a guarda poderá ser entregue à mãe, que já mostrou arrependimento. A mulher só contou anteontem ao marido, camionista, que esteve grávida e abandonou o bebé. Apesar de chocado, o homem, que é hoje ouvido pela Comissão de Protecção de Crianças, vai lutar pelo filho. ‘Afonso’, como é tratado no hospital, poderá vir a receber hoje outro nome dado pelos pais.

PORTO RECÉM-NASCIDOS ABANDONO HOSPITAL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)